domingo, 26 de agosto de 2012

PIEGAS, EU?

Sinônimo de piegas: ingênuo, romantico, sentimental e tolo
De acordo com os dicionários estes aí acima são os sinônimos para piegas e de acordo com a postagem anterior, onde podemos ler um trecho de um ensaio de Divaldo Franco (Consciencia), nós umbandistas somos todos piegas.

Este texto serve para que nós reflitamos a respeito do efeito que as palavras têm sobre nossas mentes e emoções.
Todos nós que estudamos um pouquinho sobre a reencarnação, sabemos que os espíritos reencarnam em diversos corpos, em diferentes nacionalidades, condições sociais, ora bonitos, ora feios; feminino hoje, masculino amanhã. Então quando nós, umbandistas, estamos diante de um Preto-velho sabemos que aquele espírito pode não ter sido preto em sua última reencarnação, assim como os Caboclos e as Crianças. Sabemos mais ainda. Por ensinamentos trazidos por eles mesmos, nós sabemos que Pretos-velhos, Caboclos, Crianças e Exús são representações espirituais que relembram as matrizes de formação do povo brasileiro. Além disso, esta é uma bela maneira de eliminar os títulos terrenos, sejam eles quais forem - doutor, frade, freira, patrão ou mentor - tão bem utilizados pelos nossos irmãos do segmento kardequiano.

Será mesmo que somos tolos por procurarmos em nossos protetores, guias ou guardiões as orientações seguras sem nos preocuparmos com títulos ou eloquencia verbal? Não está escrito que conheceremos a árvore pelo fruto que ela dá? O Mestre que seguimos utilizou-Se de uma das línguas mais pobres da época para falar ao povo; ao invés de falar em grego, latim ou hebraico, Jesus escolheu o aramaico. Por que não seguimos o Seu exemplo? Será o orgulho ou a vaidade que nos impede?

Nós, umbandistas, entendemos que existiram escravos bons e maus, índios bons e maus, assim como sabemos que existiram bons e maus médicos, advogados, freiras, padres, pastores, pais de santo e dirigentes espíritas e umbandistas. Entendemos perfeitamente que atraímos espíritos que coadunam com nossos pensamentos e temos a certeza de que somos amparados pelos queridos Orixás; estes permitem que exerssamos nosso livre arbítrio, sem deixar que caiamos.

Existe um ponto cantado para o Exú Sr. Tranca Ruas que diz assim: " Deixa esse povo falar, deixa essa gente dizer......" Então deixemos que eles falem e sigamos com nossos exemplos.
Então sejamos piegas, ingênuos, romanticos, sentimentais e tolos.
Para finalizarmos nossa humilde postagem, gostariamos de citar o maior de todos os mandamentos, segundo Jesus - Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Aqui estão guardadas todas as leis e os profetas.

Saravá fraterno,
Pai Roberto Mundstein - 26/08/2012